quarta-feira, 25 de maio de 2016

Pavilhão 9 "Cadeia nacional" (Paradoxx, 1997)


                O quarto disco do Pavilhão 9 também é o álbum mais representativo comercialmente da discografia da banda. Se antes o P9 estava restrito à periferia paulistana, com “Cadeia nacional” o, então, septeto alcançou ouvidos por todo o Brasil, aqui com uma formação nova e produtores integrados com a produção de um disco de rap com  banda, a cargo do Edu K e Beto Machado.

                         “Cadeia nacional” dá nome também à faixa de abertura, uma vinheta editada por Edu K com scratches do DJ Branco, por sinal o que não falta ao álbum do P9 são os scratches muito bem aproveitados em meio à cozinha experiente de Marinho (baixo) e Thunder (bateria). Em seguida surge um dos hits do disco, “Mandando bronca”, que trouxe os irmãos Igor e Max Cavalera juntos, inclusive no clipe, pouco antes da cisão no Sepultura. As batidas fortes de alfaia em "Bem bolado" fazem parte da homenagem ao Chico Science, morto pouco antes do P9 entrar em estúdio para registrar o álbum. 

Showbizz, edição 147, outubro de 1997
                      Outras pedradas do disco também derrubaram a porta da grande mídia, como “Cada um cada dois” - com participação de Marcelo D2 -, “Otários fardados” e "Opalão preto", que recebeu dois bônus mix no final do CD. Naquele momento da segunda metade dos 90’s era surpreendente ligar a TV e ouvir sons tão provocadores, até mesmo na TV aberta. O juiz Siro Darlan ficava louco com a cena!

             "Cadeia nacional" vendeu bem e a molecada gostou no novo som do P9. O trabalho seguinte, “Se deus vier que venha armado” (Paradoxx, 1999), continuou tenso, mas aí a poeira já tinha baixado.

                     Disponível no Youtube!

2 comentários:

  1. Minha opinião. Colocar os discos disponíveis apenas no Youtube é um erro. No país onde eu moro, por exemplo, está bloqueado. Sem contar que se for o caso de o blog virar mais um caso de 'música no Youtube', coloca o vídeo no blog, apontar pro Youtube é perder o visitante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, obrigado pela mensagem. Eu adoraria deixar todos os discos disponíveis para download, mas os hospedeiros de download retiram os links, e estes links também expiram,o que me dá muito trabalho para upar novamente os discos, quando se tem mais de 500 discos postados, como é o caso desse blog, fica uma tarefa muito lenta e complicada de se resolver sozinho.
      Sinto muito, mas enquanto eu não tiver um hospedeiro de downloads seguro, não vou deixar discos para download.

      Excluir