sexta-feira, 22 de abril de 2016

The Ess "Rehearsal Ess - Ao vivo na Grande Garagem que Grava" (GGG, 2005)


                Parece Madchester, mas é Curitiba. O The ESS se influenciou pelos sons ingleses que buscavam um sonoridade entre o rock e as possibilidades das batidas eletrônicas, coisa de quem ouviu Primal Scream, Charlatans e Leftfield nos anos entre as décadas de 80 e 90.

Gazeta do Povo, 18/02/2005
               O ESS surgiu em 1997 como um duo em meio à guitarras e bateria eletrônica, com o tempo o grupo foi pesquisando novas sonoridades e adicionando ingredientes e integrantes à proposta sonora, que sempre se manteve na busca de fazer rock + musica eletrônica de sequencers, programações de batidas e efeitos sintetizados.

               Gravaram um EP em 2001 e caíram no gosto de quem não nunca ouviu Novos Baianos. Em 2003 tocaram no Curitiba Pop Festival, abrindo para o excelente Rubin Steiner, e depois em outras capitais. Foram cogitados a lançar o primeiro disco pela Midsummer Madness, mas o projeto não vingou.

                Em 19 de fevereiro de 2005 o ESS, agora como quinteto, foi convidado para tocar e registrar um disco ao vivo dentro da primeira temporada do projeto A Grande Garagem que Grava. 

            O disco com cinco faixas abre climático na instrumental "Easy way" e segue num crescendo no qual detalhes são adicionados ao arranjo, que se torna cada vez mais preenchido, no meio traz o "hit" do ESS, "Rock is my soul".

            Quer ouvir? Download aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário