terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Luisa Mandou um Beijo (Midsummer Madness, 2005)


                   Formada em 1999 como um projeto do guitarrista Fernando Paiva, o/a Luisa Mandou um Beijo registrou uma demo e ao longo dos anos seguintes ganhou forma de banda com a entrada de novos integrantes.

                 A capa acima ilustra o primeiro disco do septeto carioca, um álbum notadamente influenciado por Bossa Nova e Indie Rock. Já na abertura, "Amarelinha", as referências se mostram claras, como nas citações ao Corcovado e ao jogo riscado no chão do playground do condomínio. 

                 É um tipo de som de apartamento, com muita doçura e coisas fofas, como ratifica o trompete e a voz melodiosa de Flávia Muniz, ainda bem que eles esqueceram de gravar o som das palmas. Tudo muito forjado, romântico, na busca de criar paisagens visuais banais, "Com um pote de geleia de morango nas mãos". O disco ajuda ao não se prolongar tanto além dos 30 minutos, se você conseguiu passar da versão de "Carinhoso" (Pixinguinha/João de Barro), parabéns!

               As músicas são bem conduzidas e nos momentos mais acelerados,"Julia", mostram alguma vida. "Anselmo" homenageia o ator/diretor Anselmo Duarte, com direito à inserção de um diálogo retirado de cultuado "Deus e o Diabo na Terra do Sol", do Glauber Rocha.

                    Quer ouvir? Download aqui!
                    Também disponível no Youtube!

Nenhum comentário:

Postar um comentário