quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Thaíde & DJ Hum "Pergunte a quem conhece" (Eldorado, 1989)


               O primeiro álbum da dupla Thaíde e DJ Hum foi gestado após a boa repercussão que o primeiro disco rap nacional, “Hip Hop Cultura de Rua”, teve. Nele Thaíde apareceu em disco pela primeira vez.

             A aproximação com DJ Hum veio depois, por intermédio de Nasi. O vocalista do Ira! estava encantado com as possibilidades musicais do rap, a ponto de incluir um rap no disco “Psicoacústica”, e organizou festas e encontros com o pessoal que ficava na estação São Bento, que outrora fora ponto de encontro de outra turma jovem da periferia paulistana, os punks.

              Nasi e André Jung produziram “Pergunte a quem conhece”. Um disco que também reuniu uma boa quantidade de convidados da cena funky/rap/vanguarda de São Paulo, tais como MC Jack, Skowa (A Máfia), Marcio Werneck (Fabrica Fagus), Tuba (Clínica), Marco Mattoli, Bocato, além da formação do Ira!.

             O disco tem uma sonoridade bem fraquinha. Sobram participações. Falta groove e peso. As letras também não são as mais inspiradas e algumas esbarram numa ingenuidade, “Minha mina”, da qual o rap nacional tratou logo de se desvencilhar. “(Claudio) eu tive um sonho” beirou o hit, a homenagem ao amigo rapper assassinado recebeu uma releitura de Marcelo D2 para o disco “Acústico MTV”, 15 anos depois.
Bizz, ed. 51, outubro de 1989

           . “Coisas do amor” não encanta, e passa como uma investida da dupla no funk-charm. Enquanto “Consciência” traz um riff de guitarra, o que remete ao Miami Bass, influência notável para os primeiros anos de rap brasileiro. Em “Final dos tempos”, levada praticamente com percussão eletrônica e baixo, faltam até os obrigatórios scratches e vup-vups do gênero.

               “Pergunte a quem conhece” vendeu bem na época, ultrapassou as 20 mil cópias, e consagrou a dupla como o primeiro nome do rap paulistano a romper barreiras das rádios comerciais e casas de show.

               Não é o melhor trabalho de Thaíde & DJ Hum - que gravaram outros bons discos na década seguinte, sendo o disco “Preste atenção”, de 1997, o ápice do trabalho conjunto – mas é uma boa introdução para quem quer conhecer sobre os primeiros anos do rap nacional.

                Quer ouvir? Download aqui!
                Também disponível no Youtube!

Um comentário:

  1. Parabéns! Só encontrava em cd e não era autêntico. Tá ligado a musica Consciencia né?!

    ResponderExcluir