sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Tubarões Voadores (Radical Records, 1995)


             O segundo disco do Tubarões Voadores foi o último passo na trajetória da banda de Itaboraí/RJ. Um trabalho que força a barra na tentativa inglória de soar como alguns de seus contemporâneos, ao flertar com outros ritmos, em criar amálgamas ao heavy metal de base. Não deu certo.

           O disco abre com o misto de samba-carnaval/heavy metal, a instrumental “Hermeto Paschoal”, não é a melhor das homenagens. “Gas station” tem um pé no rock nacional dos 80's, até cair no heavy metal. A letra é do Tony Platão e só não é pior do que o subtítulo que carrega, "o imbecil trocou o óleo mas esqueceu de botar a tampa", que merda é essa? Os caras até omitem um palavrão bem encaixado na letra, uma pena.

         Quando "Você também" começa, parece ser a melhor canção do álbum, daí corta para ele. Ele quem? O Heavy Metal! O restante do disco também é heavy metal, volta e meia brinca com uns groove, uns scratch. Os vocais do Sergio Espírito Santo são péssimos, mas a execução das canções é boa. O problema é vocal e letra.

Bizz, Edição 120, julho de 1995
              "Instantes" consegue juntar os piores momentos de vocal + letra. E olha que a letra é uma adaptação do poema de Jorge Luis Borges. Em "Três acordes" rola uma citação honrosa ao Gangrena Gasosa.  

          A produção de Edu K evidencia a característica versátil, até errônea, do disco. A banda deve ter sofrido pacas para terminar o disco, o último da pequena discografia do Tubarões Voadores.

             Dá pra sentir a mão do adorável produtor malucão/versátil da música brasileira, o que inclui obviamente uma versão para “Não me mande flores”, do DeFalla. Assim como na versão para “War inside my head”, do Suicidal Tendencies, também gravada por Edu K no projeto efêmero do Elektra.

        O disco foi lançado pelo selo Radical Records, um dos bons empreendimentos fonográficos independentes daquela metade de década de 90. O projeto gráfico é do Gringo Cardia.

           Quer ouvir? Download aqui!

2 comentários:

  1. Este disco está pedindo a chave para descriptografar. Tem como disponibilizar?

    ResponderExcluir
  2. Opa a chave pra descriptografar por favor

    ResponderExcluir