domingo, 12 de julho de 2015

V.A. "A vez do Brasil' (Eldorado, 1993)


                 Os 30 minutos desta coletânea podem ser definidos como a porta de entrada do rock brasileiro para os anos 90. 

                  “A vez do Brasil” era um programa de bandas novas levado ao ar pela rádio 89 FM. A ideia de um disco do programa foi do jornalista/produtor Carlos Eduardo Miranda, figura central na irradiação do rock alternativo nacional da primeira metade dos 90’s.

Divulgação. Publicado naa Revista Bizz, edição 100, dezembro de 1993
                                                                                                                                                                                                                                                                                     O compilado traz cinco bandas, três paulistanas, uma de Brasília/DF e outra de Porto Alegre/RS, formadas em tempos distintos, algumas ainda com a data de fundação marcada na década anterior. Algumas tinham uma estética de som e postura absolutamente novas - ma non tropo. Outras reverenciavam os anos 70 e negavam a década anterior do rock brasileiro.
                    O Little Quail and the Mad Birds não tinha nada de novo no som, mas tinha energia de sobra, algo necessário para galgar espaço nos anos 90 que se anunciava em 1993. As duas canções do Little Quail em “A vez do Brasil” se tornaram hits da banda, “Aquela” e “1, 2, 3, 4”, esta de tão simples e ingênua beira a genialidade.
               
                 A Graforréia Xilarmônica é a melhor banda do compilado, “Eu” tem arranjo inspirado e nos apresentou o melhor trabalho de guitarra dos anos 90, obra dividida do Carlo Pianta.


                  O Pitbulls on Crack peca pela falta de originalidade, tudo é derivativo de Led Zeppelin e reminiscências setentistas, tudo o que não precisávamos naquele momento. Nos anos seguintes chegaram com pompa ao primeiro disco e encerraram atividades sem alarde. Outros dois nomes passaram despercebidos: Rip Monsters e Neandhertal, duas bandas bastante próximas em sua proposta de hard/heavy metal com letras em inglês, sendo que a segunda trazia como frontman o ex-RPM Paulo "PA" Pagni.                                              
                    O disco revelou duas bandas para selo Banguela, criado no ano seguinte. Na verdade, “A vez do Brasil” funcionou como um “pau-de-sebo” para a formação do Banguela, oportunidade bem aproveitada pelo produtor Miranda. O Raimundos era uma das bandas cotadas para participar desta coletânea, o que só não ocorreu porque a banda já havia assinado contrato com a Warner.

                    Quer ouvir? Download aqui!
                    Também disponível no Youtube!

Nenhum comentário:

Postar um comentário