domingo, 29 de março de 2015

Binário (Far Out Recordings/Bolacha Discos, 2008)



             O Binário surgiu na capital do Rio de Janeiro com a proposta de fazer música experimental e ao mesmo tempo trabalhar elementos de uma "linha evolutiva da MPB". As referências estão dispostas entre nomes do post rock e do pop experimental.

                Este EP, um SMD com apenas quatro músicas distribuídas em quase 20 minutos, é o segundo registro do quarteto. O álbum abre com guitarras ruidosas em "Amor líquido", passa pela instrumental "Funeral", volta as vozes com a estupenda releitura post rock para "É tarde demais", clássico do pagode concebido pelo Raça Negra.

               Lançado pelo selo inglês Far Out Recordings, especializado em música brasileira, o EP teve distribuição nacional pela Bolacha Discos. O valor sugerido de r$5 estampa o canto superior esquerdo da capa, uma pena que o disco tenha sido mal distribuído, tão difícil de achar por aqui que justifica o quase desconhecimento público do trabalho do Binário.

               Quer ouvir? Download aqui!
               Também disponível no Youtube!

Um comentário:

  1. Eu comprei esse disco num show deles aqui no Rio. Eles tocavam na rua, no calçadão em Ipanema, e ao vivo era ainda mais pesado e sensacional que no disco, uma viagem de sons absurda. Fiquei tão fã da banda que tempos depois consegui com um dos integrantes da banda todos os mp3 pelo facebook, se quiser te mando os outros sons - creio que eles produziram um cd depois desse EP.

    ResponderExcluir