sábado, 3 de janeiro de 2015

Biggs "Wishful thinking" (Gig Records, 2001)


                O primeiro disco do trio de Sorocaba/SP relacionou o Biggs dentre as bandas do "movimento" Grrrl Riot brasileiro. Entretanto, não apenas meninas fazem parte do Biggs, com Flávia e Janaína à frente, somadas a bateria de Brown, ex-Jack Navarro.

                 Nos primeiros anos do novo milênio pipocavam no underground nacional bandas formadas apenas por garotas, notadamente influenciadas pelas mesmas bandas punks que abasteciam de ideias as bandas de garotos. Não houve um movimento grrl riot, mas as bandas criadas pelas garotas acabavam se conhecendo e consequentemente se apoiavam mutuamente. O Biggs se tornou uma das mais conhecidas.

             "Wishful thinking" tem 13 canções próprias, curtas e com letras em inglês. Estas alternam momentos mais punk, "Fake kiss", "Yesterday song" e "My home",  com canções mais associadas com o rock alternativo norte-americano dos anos 90, "Password", "Disposable" e "Doubts".

             O álbum lançado pelo selo Gig Records, de Marília/SP, foi muito bem recebido pelo público, o que permitiu ao Biggs tocar em festivais e outras cidades. Havia até a possibilidade do trio buscar um público internacional, quando os amigos conterrâneos do Wry partiram para a Inglaterra, mas o Biggs que preferiu ficar.

             Quer ouvir? Download aqui!
             Também disponível no Youtube!

2 comentários:

  1. ÓTIMO BLOG!!!!
    excelentes textos sobre as bandas e as histórias de cada disco!!!

    Obrigado!!!!!!

    ResponderExcluir