sábado, 16 de agosto de 2014

Os Poetas Elétricos "Poemas eletri-ficados & outros que foram embora..." (Mudernage Diskos, 2004)



             O (des)serviço de procurar ouro em discos desconhecidos, com o objetivo de disponibilizar aqui neste blog, gera algumas alegrias: quando realmente encontro ouro, ou quando encontro um vestígio de ouro, ou até mesmo quando me deparo com aquele "ouro dos tolos". Noutros casos o garimpo inglório me apresenta a discos e músicas que eu realmente preferia não ter conhecido. Sobre este último caso, eis o disco d'Os Poetas Elétricos.

                O projeto dos potiguares Carlito e Edu Gomez tem a intenção de musicar de forma experimental poemas curtos, que poderiam até ser experimentos de alguma linguagem poética, mas que não passam de versos mal pensados e igualmente escritos, alguns próximos da poesia concreta, como o horrível "A sina de Ína" e "Os inícios", este dá até vergonha - ainda bem que os poemas são curtos. Tem outros péssimos exemplos, mas não vale a pena citá-los, a vaquinha atolou lá no brejo.

            Confesso que não é agradável perder tempo para escrever um texto sobre um trabalho tão razoável (sim, estou assoprando, mas com as mandíbulas pingando) assim como não é agradável ouvir este disco mais de uma vez. Entretanto, vai que alguém gosta. Quer se arriscar? É por sua conta e risco.
                   Quer ouvir? Download aqui!
                   Também disponível no Youtube!

Nenhum comentário:

Postar um comentário