sexta-feira, 9 de maio de 2014

Os Catalépticos "Zombification" (Barulho Records, 2001)


             O maior representante do psychobilly brasileiro na virada do século chegou com expectativas do público ao segundo disco. Depois dos bons resultados conquistados com o primeiro disco, "Little bits of insanity", e com o EP "Psycho Path Fever" que levaram a banda a assinar com o selo alemão Crazy Love Records, especializado em psycho/rockabilly e às primeiras turnês pela Europa.

               "Zombification" adicionou ainda mais peso e velocidade ao brutal psychobilly do trio formado por Vlad (guitarra e vocal), Cox (bateria e vocal) e Gus Tomb (baixo). Os arranjos caprichadamente construídos não deixam espaços nas músicas e as letras em inglês dialogam bem com os temas próprios de terror e maldade do psychobilly. Algumas músicas ficaram bastante conhecidas entre o público psycho, como "Hot rod funeral" e "Like in a gasoline tank", os hits do disco. Porém, outras merecem destaque, como a veloz "River of blood", o psycho/rockabilly "Zombie" e a instrumental "El dia de los muertos".

              Lançado primeiramente na Europa pela Crazy Love Records em CD e LP, o álbum gravado em Curitiba e masterizado na Alemanha chegou ao Brasil um ano depois do lançamento internacional. A chancela nacional de "Zombification" é a mesma que pôs o primeiro disco d"Os Catalépticos no mercado, o selo curitibano Barulho Records. A edição brasileira saiu apenas em CD, mas traz um bônus exclusivo, o proibido vídeo clipe de "Like in a gasoline tank", dirigido por Arthur Ratton.

                  Quer ouvir? Download aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário