segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Tiroteio "República Federativa Brasil Pavão" (Primal Records, 1997)


               O octeto se Santos/SP Tiroteio surgiu na grande mídia depois de ceder a canção "Eu não aguento" para o disco "Domingo" do Titãs. Durante uns poucos meses o vocalista Sérgio Boneca apareceu em programas da MTV, seja falando sobre o Tiroteio, futebol ou sobre "Eu não aguento". 

           "República Federativa Brasil Pavão" traz 12 canções típicas do rock brasileiro dos anos 90 naquilo que ele tinha de mais novo, a mistura de ritmos sem preocupação de ousar. No Tiroteio é possível ver ecos de outros nomes contemporâneos como mundo livre s/a, Karnak, Beijo Aa Força. A percussão e metais acompanham letras nem sempre bem inspiradas, como a faixa título. Um verdadeiro carnaval que relaciona a nação brasileira a figura do Pavão "Visto de cima belo leque, visto de baixo feios pés". "Chulapa Free" homenageia o jogador encrenqueiro Serginho Chulapa, funciona como uma resposta brasileira à contemporânea "Tyson Free" do 'grupelo' carica Sublimes, esta sim de total mal gosto anos 90.

             A maioria das canções tem participação do Pavilhão 9, eles deviam gravar no mesmo estúdio no mesmo momento em que o Tiroteio registrava seu primeiro disco, não é possível uma outra forma de uma banda estar presente em mais da metade das canções. O Tiroteio fez uma versão muito boa para "Conversa de Botequim", de Noel Rosa e Vadico. "Balança mais não cai" tem participação de Sergio Britto, Branco Mello Skowa. "Toc toc" também está presente na coletânea "Brasil Compacto".

         O álbum foi lançado pelo selo Primal Records e teve repercussão mediana, bem menor que "Eu não aguento", a produção é de Skowa (ex-A Mafia e Trio Mocotó). O projeto gráfico é confuso e faz falta um ordem direta das faixas, a lista de agradecimentos é tão grande que mereceu o mesmo espaço dado para as letras.

           Quer ouvir? Download aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário