terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Screaming Godhead "You're living under my skin" (Dynamo, 1994)



             O quinteto formado em Taubaté no ano de 1993 pulou a fase de demo tapes e partiu logo para o primeiro disco, um dos primeiros CDs independentes brasileiros. Isso se deve ao fato do vocalista ser um dedicado incentivador do underground nacional, André Tauil, o Tor, um cara que gosta mesmo de discos, afinal já lançou muitos com o Zumbis do Espaço, mais trabalhos solo e discos de outras bandas pelo seu selo Thriteen Records.

            O álbum tem 9 canções, todas próprias, em inglês, e de autoria do Tor. Rock'n'roll do começo ao fim, com refrão, guitarra em volume alto e solos a cargo de Joziel Wagner, também tem um órgão hammond em várias faixas. Produzido, gravado e mixado por Tor em um estúdio de 8 canais, os recursos foram muito bem utilizados vide o bom resultado do álbum.

            O Screaming Godhead fez bastante shows com este trabalho, inclusive abriu as apresentações de Sick Of It All e Los Gusanos no Brasil. "You're living under my skin" foi lançado pela representação brasileira da produtora holandesa Dynamo, que durante a primeira metade da década de 90 lançou discos de bandas independentes nacionais, principalmente de Metal e grande parte em LP. O projeto gráfico do álbum traz velhas fotos de tatuagens, inclusive na capa, o encarte tem todas as letras - escritas à mão - e ficha técnica.

            Quer ouvir? Download aqui!
            Também disponível no Youtube!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Dominatrix “Self Delight” (Clorine/Teenager in a box, 1999)

           
            O veterano trio hardcore feminista paulistano Dominatrix, cometeu um belo segundo disco em “Self Delight”.
            O álbum tem 11 canções, rápidas e diretas em 19 minutos. Eliza e Isabella se revezam nos vocais e todas as músicas são próprias, as letras, todas em inglês, trazem temas do movimento feminista, que inclui a luta pelo direito das mulheres em participações políticas, a livre opção pelo aborto em qualquer condição e o desejo de uma sociedade livre de preconceitos e sexismo.
            “Self Delight” foi todo produzido pela banda e lançado numa parceria do selo das meninas, Clorine Records, com o selo Teenager in a Box, propriedade de Nenê Altro, num esquema que já havia dado certo com o primeiro disco do Dominatrix, “Girl Gathering”. O CD traz ficha técnica, todas as letras em inglês e português, além de nomes de associações e contatos que a banda apóia. Na contracapa há o valor sugerido para venda do CD, o que demonstra a honestidade em negociar o material pelo menor valor possível. DIY e Grrrl Riot!
             Quer ouvir? Download aqui!
             Também disponível no Youtube!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

V.A. "Unculted" (RVC Music, 1996)




Bizz, edição 133, agosto de 1996
                  "Unculted" reúne quatro bandas de Brasília e comemora os, então, quatro anos de existência do programa Cult 22, exibido pela rádio brasiliense Cultura FM. O disco é todo acústico e apresenta bandas de diferentes vertentes do rock candango.

              O álbum abre com o Pravda. O quarteto se deu bem no formato acústico, cheio de groove. Canções com arranjos bem definidos e letras em português, muito boas por sinal. O Low Dream transformou suas guitarras ruidosas em belas melodias de violão e o habitual som de guitar band virou música de pic nic. São quatro canções, sendo que apenas "Lose my dreams (in a deep sky)" é do primeiro disco, de 1994, as demais foram retiradas do derradeiro álbum da banda, "Reaching for baloons", de 1996. O OZ é a grata surpresa deste disco, o trio tinha criatividade e maluquice de sobra, conseguiram um bom resultado transpondo suas canções para violão e percussão de latas, e eles são ainda melhores com guitarra e microfonia. Para finalizar, três canções do septeto Maskavo Roots, todas retiradas do primeiro álbum lançado pela Banguela em 1994, "Don Genaro" acústica caiu no sambão de cuíca e tudo e "Blond problem" ficou mais jazzy.

             O projeto gráfico é simples e eficiente, traz fotos das bandas nas sessões de gravação no estúdio Artimanha, propriedade de Geraldo Ribeiro, responsável pela gravação e mixagem de "Unculted".

             Quer ouvir? Download aqui!
             Também disponível no Youtube!

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Vellocet “Demonstration Tape n. 01” (Independente, 1998)


            Vellocet foi um quarteto formado em  Belo Horizonte , em 1997, e este é o seu primeiro EP. Na verdade, é uma demo tape, chegou a ser lançada em K7, mas aqui está a versão em CD.
Bizz, edição 180, julho de 2000
            A banda se destacou rapidamente, o primeiro trabalho foi muito elogiado na mídia especializada e o belo clipe de “Inside My mind again”, uma sequência de 1500 fotos polaroide, ajudou muito, o vídeo foi bastante exibido na MTV e a canção se tornou um “hit” entre as bandas independentes, principalmente entre as guitar bands.
            “Demonstration Tape n.01” tem 7 canções, todas com letras em inglês e a gravação não deixa nada a desejar, “A hundred bugs” tem mais de 5 minutos, é cativante.
            Todo o projeto gráfico foi concebido pela banda, ainda que faltem informações referentes a autoria, na edição em CD há de bônus o “famoso” clipe citado acima.
            Anos mais tarde e depois de muitos shows e participação em coletânea, a banda passou por uma divisão na formação. Alexandre e Luciano formaram o Valv, mas o Vellocet continuou e lançou o primeiro disco em 2003 pelo selo paulistano Slag, sem repetir os êxitos alcançados com a demo, mas sempre com o cuidado de produzir belas melodias.
            Quer ouvir? Download aqui!
            Também disponível no Youtube!