quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

La Carne "Bom dia Barbárie" (Independente, 2002)




O segundo disco do quarteto de Osasco-SP La Carne é uma das daquelas porradas bem dadas, de violência implícita em 7 canções curtas e diretas. Não, não é um disco de punk rock ou algo pretensamente violento. A violência está nas letras urbanas e sombrias, na interpretação caótica de Linari, nas guitarras criativas de Jorge e na bateria quebrada de Fábio, ou seja, no pós-punk paulistano da década de 80, uma fonte admitida pela banda.

O álbum abre com “Tava aqui pensando” e dá boas mostras da sequência do disco, esta com direito a citação incidental de “Não enlouqueça”, do Smack. Os destaques ficam para a canção título, “Bom dia barbárie”, “A sujeira e a cegueira” e a excelente letra de “Brasa nos pé”.

Lançado pela própria banda, que recebeu apoio do estúdio Bonham, o disco parece saído do catálogo dos anos 80 da Baratos Afins. O projeto gráfico é muito criativo, impresso em papel manteiga, criação de Vânia Ferreira. Pode-se afirmar que o disco teve uma boa recepção, visto a repercussão na mídia especializada e no público que acompanha a banda. Com este trabalho o La Carne retornou ao programa Musikaos, da TV Cultura, e assim como em sua primeira passagem, chamou bastante a atenção.

Quer ouvir? Download aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário