terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Astromato "Melodias de uma Estrela Falsa" (Midsummer Madness, 2001)


O único disco do trio de Campinas/SP Astromato é um dos poucos exemplos de registro de guitar band brasileira com letras em português. Algo que já estava presente nas demotapes que antecederam o álbum, e que de tão elogiadas abriram portas para a banda se tornar conhecida no cenário independente nacional na virada do século. 

 O trio já vinha de outras experiências, inclusive uma razoavelmente conhecida, o Weed, que fez bastante shows e lançou algumas fitas demo na primeira metade dos 90’s.

Bizz, edição 189, abril de 2001
“Melodias de uma estrela falsa” tem 17 canções, todas de autoria da banda e bastante melodiosas com bateria programada e guitarras distorcidas solando nos espaços entre os vocais sussurrados do trio Armando, Pedro e Frebs. As letras trazem melancolia adolescente, mas são otimistas. Algumas poderiam facilmente entrar na programação de FM, como “Sonhos de alta definição”, “Não sei jogar” e “Canção do adolescente”, esta foi incluída na coletânea em CD que acompanhou a primeira edição da revista Frente, curiosamente o CD intitulava-se “Canções que gostaríamos de ouvir no rádio”. “No macio, no gostoso” é hit instantâneo, um ‘clássico’ que chamou a atenção do público quando o Astromato participou do programa Musikaos, na TV Cultura.

O álbum teve boa repercussão na mídia especializada, rendendo até uma matéria de duas páginas na revista Bizz, numa de suas últimas edições antes do primeiro grande intervalo. Lançado pelo selo carioca Midsummer Madness o disco não permaneceu muito tempo em catálogo e há muitos anos encontra-se esgotado. O projeto gráfico é bem trabalhado, traz letras, ficha técnica e fotos. Os bons resultados obtidos com o álbum não foram suficientes para o Astromato seguir e pouco tempo depois a banda encerrou atividade.

              Quer ouvir? Download aqui!

2 comentários: