segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Pato Fu “Rotomusic de Liquidificapum” (Cogumelo, 1993)




O Pato Fu foi formado em 1992 pelo trio John, Fernanda e Ricardo, a banda foi idealizada por John que além de guitarrista, vocalista, programador de bateria eletrônica e samplers, também era o seu principal compositor. John tinha acumulado experiência e até algum reconhecimento como guitarrista do Sexo Explícito nos anos 80, com a banda de curta duração Clay Reggazzoni, John ameaçava algumas composições que viriam a ser parte do primeiro repertório do Pato Fu.

Bizz, edição 93, abril de 1993
Em 1993 o trio gravou sua primeira demo-tape, singelamente intitulada “Pato Fu Demo”, e chamou a atenção do público com os primeiros shows em Belo Horizonte. As 12 canções da fita K7 deram origem ao primeiro disco, lançado pelo selo local Cogumelo Records. Especializado em vertentes do Metal, “Rotomusic de Liquidificapum” mais parecia um alienígena no extenso catálogo de Metal extremo do selo.

O álbum abre com a faixa título, uma zoeira com mais de 7 minutos que na verdade são três músicas reunidas, “Aerosmiths/Hoji/É natal”, além de outras canções incidentais, já dão mostras que o disco é esquisito. Segue com “Sítio do Pica Pau Amarelo” regravação muito legal da canção de Gilberto Gil, ganhou um vídeo clipe bacana e tosco, o primeiro da banda, chegou a ser exibido pela MTV Brasil. “O processo da criação vai de 10 até 100 mil” é o ‘hit’ do disco, foi usada numa publicidade da empresa de plano de saúde Unimed, esta também ganhou vídeo clipe. “Meu coração é u’a privada” é uma das mais legais, cantada por John, volta e meia a canção reaparece no repertório da banda. “G.R.E.S.” afirma a insatisfação de suportar o carnaval, parceria de John com Rubinho Troll. “Meu pai, meu irmão” ganhou o terceiro vídeo clipe do disco. “Gimme 30” tem letra em italiano e também está entre as boas canções junto com “Eu sou o umbigo do mundo”, do baixista Ricardo Koctus.

“Rotomusic de Liquidificapum” foi gravado no estúdio de Haroldo Ferretti e mixado pela própria banda, foi lançado em CD e numa tiragem limitadíssima em LP pela Cogumelo, foi relançado em LP em 2012 pela Polysom. O projeto gráfico é simples, o encarte traz todas as letras e ficha técnica. O disco recebeu resenhas bastante elogiosas que apontavam a banda como uma das mais criativas do momento. Os três vídeo clipes ajudaram a apresentar o Pato Fu para além de BH.

Em 1994 o Pato Fu tocou no festival carioca Superdemo e lá conseguiram um contrato com a BMG, que naquele momento revitalizava o selo interno Plug, logo entrariam em estúdio para gravar seu segundo disco, o prestigiado “Gol de Quem?”.

Quer ouvir? Download aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário