terça-feira, 3 de julho de 2012

Funziona Senza Vapore (Outros Discos, 2003)




O primeiro projeto solo Cadão Volpato empresta o nome de uma das mais belas canções de sua banda, Fellini, para batizar o projeto que abriga novas canções após o primeiro fim definitivo de sua banda, em 1991. Porém, o disco gravado em 1992 não recebeu nenhuma proposta para ser lançado na época e por muito tempo ficou perdido. Como isso aconteceu? Cadão Volpato havia registrado a master numa fita de vídeo, um VHS que se perdeu entre outros tantos, era o único registro do projeto/banda, que contava também com a tecladista Stela Campos, na época uma menina que se destacava com sua banda Lara Hanouska, também traz participações dos "Fellinis" Jair Marcos e Ricardo Salvagni.

Revista Zero, edição 03
Das canções, “Camaradas” é uma carta alcoólica sobre Lênin e comunismo. “Se V. for onde V. for” foi gravada pela Stela Campos em seu primeiro disco “Céu de Brigadeiro”. Em “Veneza” Cadão e Stela se revezam nos vocais narrando uma experiência em Veneza. “Passagem Meteórica” e “Flor da espera” carregam o mesmo amor romântico, a primeira à espera da paixão idealizada, a segunda pelo prazer da rotina de um universitário surrealista. “Valsa do Père Lachaise” aproveita o clima bossa-noir numa letra em francês cheia de referências franco-populares. “Criança de domingo” chegou aos ouvidos de Chico Science pelas mãos de Stela Campos e ganhou uma versão no disco “Afrociberdelia”, Chico nunca escondeu que dentre suas bandas preferidas estava o Fellini – houve um encontro entre Chico e Cadão registrado pela revista Showbizz (Ed. 136, de novembro de 1996).

Cadão Volpato reencontrou a VHS em 1999 quando vasculhava suas fitas e se deparou nas siglas FSV, ofereceu-a para alguns selos e dois anos depois recebeu o aval do iniciante Outros Discos que masterizou em CD. O projeto gráfico é de Mila Waldeck sobre imagens de Zéro de Condute de Jean Vigo, o traz encarte com todas as letras. Altamente recomendável para fãs do Fellini!

Que ouvir? Download aqui!

2 comentários:

  1. Tenho o cd e acho maravilhoso! é de uma sensibilidade única as canções

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juninho! Eu também, as letras são lindas. é tudo muito singelo.

      Excluir