domingo, 20 de maio de 2012

Rainer Pappon "O alemão da guitarra verde" (Yakisoba, 1993)



Bizz, edição 104, fevereiro de 1994
           Rainer Pappon é um guitarrista de mãos cheias, fundador da The Central Scrutinizer Band, uma big band que homenageia Frank Zappa desde 1989, inclusive foi reconhecida pelo próprio mestre. "O alemão da guitarra verde" é seu primeiro disco, lançado por conta própria apenas em CD em 1993, um dos primeiros discos independentes lançados em CD.

           São 7 canções zappianas todas de autoria de Rainer Pappon, que assina também arranjos e produção. Na execução desfilam 20 músicos, grande parte recrutados da The Central Scrutinizer Band, todos exímios instrumentistas e que podem/puderam ser vistos espalhados entre várias bandas da década de 90, como Karnak, Yo Ho Delic, Funk Como le Gusta, Pavilhão 9...

           O disco tem inspiração instrumental, muitos solos, principalmente da guitarra do Rainer e arranjos inusitados. As letras ficam em segundo plano, porém conseguem chamar a atenção, são totalmente nonsense, a começar com a primeira "X egg maionese com bacon" que retrata como pode ser perigosa a experiência de se alimentar desta iguaria das laricas nada saudáveis. Os alimentos também surgem na letra em inglês com o vocal de Maria Diniz em "Eat a banana and papaya". "O punheta do luneta" traz o baixista e vocalista Mano Bap recitando versos que descrevem o ato voyeurístico do punheteiro e sua luneta à observar o ato sexual bastante detalhado de um casal do apartamento próximo. Em "O inferno" a letra cria uma imagem de um lugar muito parecido com o Brasil, que também empresta tema à "Otário".

           O projeto gráfico eficiente traz as letras, ficha técnica e fotos de todos os envolvidos. A capa é uma foto de arquivo do alemão da guitarra verde em ação. Este trabalho foi totalmente auto produzido, levou o ano de 1992 todo para ser gravado, e foi lançado pelo selo Yakisoba, propriedade de Rainer Pappon.

           Quer ouvir? Download aqui!
           Também disponível no Youtube!

Nenhum comentário:

Postar um comentário