sábado, 24 de dezembro de 2011

Ciro Pessoa "No meio da chuva eu grito help" (Voiceprint, 2003)


           Pode-se afirmar confortavelmente que este disco demorou muito tempo para ser lançado. Trata-se do primeiro disco solo de Ciro Pessoa, vocalista e letrista paulistano com anos de bagagem acumulada e de trajetória tortuosa.
Bizz, edição 61, agosto de 1990
Ciro Pessoa fez parte da primeira formação do Titãs, na época do Iê-Iê, co-autor dos hits “Sonífera Ilha” e “Toda cor”, e depois no sombrio pós-punk/new wave Cabine C, que deixou apenas um álbum, “Fósforos de Oxford”, lançado em 1987 pelo selo que foi a novidade fonográfica daquele ano, a RPM Discos (propriedade de Paulo Ricardo e Luiz Schiavon), mas que naufragou na falta de experiência e controle financeiro de seus proprietários. Levou junto o disco do Cabine C, sem divulgação e distribuição, sobrou para Ciro Pessoa a tentativa de resolver a situação judicialmente, enquanto o disco empoeirava em algum estoque, hoje é artigo disputado. O Cabine C ainda trilhou caminho para o segundo disco, mas, “Cotonetes Desconexos” não chegou a ser lançado.
Após estas experiências, em 1990 Ciro Pessoa voltou-se às canções de amor e melancolia, este ultrarromantismo recebeu o nome de CPSP que não deixou disco, mas, rendeu a canção/balada “Tudo que me faz sentir você”, lançada, enfim, em 2003.
O álbum “No meio da chuva eu grito help” não ganhou tal título por acaso, soa todo como um grito, emenda riffs pesados e levada acelerada e carrega uma urgência tensa. Em “Dúvidas e sonhos” há melancolia, nostalgia, abandono e algum sonho, as drogas dão a letra de “Days.e”, e criam uma fotografia lisérgica para “Boliche sideral”.
O disco gravado em 2000 e lançado em 2003 pelo selo Voiceprint, capitaneado no Brasil por Fábio Golfetti, teve distribuição nacional pela Tratore. Na capa e contracapa há fotos de Ciro Pessoa aos gritos sendo atingido por golpes de água, o encarte traz todas as letras. Eis o grito, eis o disco!

4 comentários:

  1. Muito bom esse álbum =D

    Sugiro que você disponibilize o "Em Dia com a Rebeldia" também.

    ResponderExcluir
  2. Fala Matheus!
    Eu também sugiro! Mas, não tenho o CD.

    ResponderExcluir