domingo, 25 de setembro de 2011

Kid Vinil & Verminose “Xu-Pa-Ki” (Verminose Records, 1995)


         O Verminose foi uma das pioneiras bandas punk brasileiras, surgida entre o fim do AI-5 e o início do Magazine, liderada por Kid Vinil, que na época, final dos anos 70, era DJ de rádio e “homem-de-gravadora”. Em seus primeiros anos de existência a banda não deixou nenhum registro, isso só foi acontecer em 1995 e de forma independente.
         “Xu-Pa-Ki” é praticamente um disco perdido, pois quase não teve repercussão de mídia na ocasião de seu lançamento, nem mesmo distribuição. São 10 canções, contando 6 regravações. A faixa título é dos punks portugueses do Mata Ratos, “A namoradinha que eu amei” do Kães Vadius, “Anjo da Guarda”, do Made in Brazil, “Sou coroa” está no único LP do Ayrton Mugnaini Jr,  “Como vovó já dizia” do Raul Seixas, e “Ela só gosta de pizza” do Destemidos Limonadas. Das inéditas, 3 foram aproveitadas no disco posterior de Kid Vinil, com o reformulado Magazine, o álbum “Na honestidade” (Trama, 2002), são: “Conversível irresistível” (letra de Roger Moreira), “O jogador” e “Marlene”. Restou apenas “Numas de horror”, presente apenas em "Xu-pa-ki".
          O disco foi gravado no estúdio Bonadio e produzido por Rick Bonadio e Duca Belintani, este também era guitarrista do Verminose, que se completava com o baterista Trinkão, remanescente da primeira encarnação do Verminose e  também do Magazine, e pelo baixo de Lu Stopa. A capa do disco traz uma “bela imagem" de seus trajes mínimos, no mínimo provocante!
       Quer ouvir? Download aqui!
       Também disponível no Youtube!

Nenhum comentário:

Postar um comentário