domingo, 31 de julho de 2011

Boi Mamão (Bloody Records, 1993)

          O ano de 1993 foi muito importante para as bandas de Curitiba. Foi o ano quem que as bandas dos nos 90 realmente deram as caras e isso se deveu à iniciativa do selo Bloody Records, propriedade de JR Ferreira, em lançar uma série de 13 compactos de nomes que ainda não haviam chegado ao disco. Dentre estas, o Boi Mamão se destacava com seu math rock e shows imperdíveis, o compacto com 4 canções foi o primeiro registro do quarteto que contava com Glerm Pawdphita, Renê Bernunça, Nillo Mariolla e Bruno Balainha.
          Agora, você sabe o que é math rock? Pense em Mr. Bungle, Red Hot Chili Peppers, Funkadelic, Fishbone, Yo Ho Delic, Pato Fu e, ainda assim, restará alguma descrição. Responder isso é tão difícil quanto entender as letras deste compacto. Entretanto, difícil também é não deixar de se divertir ao som de “Scaraphojidascolah”, “Pecilothermic gummy” e, do “hit”, “Capitão Gabiru”, a letra desta narra a odisseia do retirante que ao chegar à cidade grande descobre que a vida não é fácil, no fim há o grito anti-separatista do Boi Mamão, um clássico curitibano!

          O projeto gráfico traz o logo em cores na capa, encarte com letras, ficha-técnica e agradecimentos escritos à mão. O disco foi produzido pela banda junto de Vitor França, proprietário do estúdio Solo e responsável pela produção de grande maioria das bandas curitibanas. Quanto ao Boi, após este disco a banda continuou levando seu math rock para outros palcos e gravando demotapes, participou das coletâneas “Alface” (Banguela, 1995) e “Borboleta 13” (+Mais Records, 1996), gravou seu primeiro álbum “Compre, grave ou roube!” (Paradoxx, 1998), porém este já estava mais para ska (com 'paulêra') do que para o math rock dos primeiros anos. O Boi morreu em 1999, viva o Boi!
          Quer ouvir? Download aqui!

3 comentários:

  1. Boa noite, teria como re-upar essa raridade?

    O link está quebrado =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trulin!
      Link ativo! Baixe aí! Obrigado pela visita!

      Excluir